Responsabilização de Empresas

Apuração

CGU investiga multinacional suíça envolvida em irregularidades com a Casa da Moeda

publicado: 22/07/2019 13h56, última modificação: 22/07/2019 14h03
Processo decorre da Operação Vícios II. Investigação constatou atuação de ex-diretores para favorecer a KBA-NotaSys, em troca de vantagens indevidas
CGU investiga multinacional suíça envolvida em irregularidades com a Casa da Moeda

Processo decorre da operação que constatou lavagem de dinheiro e a atuação de ex-diretores da Casa da Moeda para favorecer a KBA-NotaSys

A Controladoria-Geral da União (CGU), por meio da Corregedoria-Geral da União (CRG), instaurou, na última sexta-feira (19), processo administrativo de responsabilização (PAR) em face da empresa KBA-NotaSys, multinacional de origem suíça com atuação no setor de impressão de cédulas seguras. 

O processo decorre da Operação Vícios II, realizada pela Polícia Federal (PF) em setembro de 2018. A investigação constatou lavagem de dinheiro e a atuação de ex-diretores da Casa da Moeda do Brasil para favorecer a KBA-NotaSys, em troca de vantagens indevidas durante procedimento licitatório para aquisição de cerca de R$ 301 milhões em equipamentos. 

No âmbito da CGU, a apuração terá por base a Lei de Licitações e Contratos (nº 8.666/1993) e a Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013), podendo culminar na aplicação de multa administrativa e no impedimento da empresa de contratar com a Administração Pública (inidoneidade).

registrado em: , ,