Transparência Pública

Evento

CGU participa de seminário sobre integridade nas transferências da União

publicado: 03/06/2019 10h40, última modificação: 03/06/2019 10h42
Secretária de Transparência apresentou iniciativas nos setores público e privado, bem como ações de educação cidadã promovidas pela CGU
CGU participa de seminário sobre integridade nas transferências da União

Claudia Taya falou sobre Empresa Pró-Ética; Concurso de Desenho e Redação; e Programa Um por Todos

A secretária de Transparência e Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da União (CGU), Claudia Taya, participou, nesta quarta-feira, 29, do seminário Integridade nas Transferências da União, realizado na sede da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília. O objetivo da iniciativa, realizada em consonância com o programa de capacitação de Integridade da Controladoria, foi fomentar a implementação das iniciativas de integridade nos órgãos que operam com Transferências da União. 

Durante o seminário, houve o lançamento do Programa Nacional de Integridade nas Transferências da União, iniciativa desenvolvida de forma conjunta pela CGU e pelo Ministério da Economia. Com o programa, o governo pretende fortalecer a integridade nos sistemas de transferências de recursos públicos, reduzindo riscos de fraudes, de corrupção e de improbidade administrativa.

A secretária Claudia Taya participou de painel no qual abordou as principais atividades de integridade privada conduzidas pela CGU, com destaque para o programa Empresa Pró-Ética, iniciativa que consiste em fomentar a adoção voluntária de medidas de integridade pelas empresas, por meio do reconhecimento público daquelas que, independentemente do porte e do ramo de atuação, mostram-se comprometidas em implementar medidas voltadas para a prevenção, detecção e remediação de atos de corrupção e fraude. 

Taya também abordou questões sobre integridade pública, apresentando aspectos importantes do Decreto nº 9.203/2017, que dispõe sobre a política de governança da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, bem como da Portaria CGU nº 57/2019, que estabelece orientações para que órgãos e entidades adotem procedimentos para a estruturação, a execução e o monitoramento de seus programas de integridade. 

A secretária apresentou ainda iniciativas de educação cidadã, com destaque para o 11º Concurso de Desenho e Redação da CGU, que, este ano, traz o tema “Faça o que é certo, ainda que ninguém veja!” e cujas inscrições podem ser feitas até o dia 23 de agosto. Ela também falou sobre o “Um por Todos e Todos por Um! Pela ética e pela cidadania”, programa realizado pela Controladoria em parceria com o Instituto Maurício de Sousa, que visa despertar nos estudantes do Ensino Fundamental o interesse por temas relacionados à ética e à cidadania.

O evento contou com a participação do secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, e do secretário de Gestão, Cristiano Heckert, ambos do Ministério da Economia, do diretor-executivo da Enap, Diogo Costa, do diretor-geral do Instituto Serzedello Corrêa (ISC/TCU), Fábio Henrique Granja e Barros, da promotora de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Luciana Asper y Valdés, do controlador-geral do Estado de Minas Gerais, Rodrigo Fontenelle, e da subsecretária de Compliance e Gestão de Riscos do Governo do Distrito Federal, Mariana Montenegro.

registrado em: , , ,