Auditoria e Fiscalização

Parceria

CGU e Universidade de Salamanca assinam acordo de cooperação técnica

publicado: 03/11/2017 15h21, última modificação: 06/11/2017 09h46
Convênio estabelece troca de experiências, bem como realização de pesquisas e treinamentos
CGU e Universidade de Salamanca assinam acordo de cooperação técnica

Parceria visa desenvolver programas acadêmicos voltados à prevenção e ao combate à corrupção. - Foto: Universidade de Salamanca

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Universidade de Salamanca (Usal), na Espanha, celebraram, nesta sexta-feira (3), acordo de cooperação técnica internacional para o desenvolvimento de programas acadêmicos voltados à prevenção e ao combate à corrupção. O instrumento foi assinado pelo ministro substituto, Wagner Rosário, e pelo vice-reitor e professor catedrático, Mariano Esteban de Veja. 

O acordo consolida o vínculo de colaboração entre as duas instituições, especialmente no que se refere aos estudos promovidos pela Usal nas áreas de estratégias anticorrupção, políticas de integridade, democracia e boa governança. O convênio estabelece intercâmbio de experiências e conhecimentos técnicos, bem como realização de pesquisas e treinamentos. Também haverá a criação de uma comissão permanente, composta por membros de ambas as entidades, para a avaliação do trabalho e seus resultados. 

Após a solenidade, Rosário participou de conferência com docentes e alunos da Universidade. O ministro definiu a corrupção como problema global e destacou a importância de criar mecanismos efetivos para combatê-la. Wagner Rosário também explicou as áreas de atuação do Ministério da Transparência (CGU) para analisar a correta aplicação dos recursos públicos federais em todo o país, apresentando as quatros áreas finalísticas especializadas na detecção de casos, prevenção, auditoria e sanções administrativas contra pessoas físicas e jurídicas.